Certificado Energético Portugal fazemos para todo o país

mas especialmente para a região do Algarve: Faro, Albufeira, Portimão, Sagres, Tavira - peça a sua certificação energética.

home_projectocasa_certificacao

Executamos todo o tipo de certificados energéticos,respondendo e em conformidade com todas as exigências legais...

Temos uma equipa técnica que garante o rigor e a qualidade em todas as tipologias de habitação e serviços, e em instituições públicas e privadas.
Consulte-nos e perceba a garantia, confiança e qualidade dos nossos serviços.
Certificação Energética é obrigatória desde 2009

Com a entrada em vigor do Sistema Nacional de Certificação Energética e da Qualidade do Ar Interior nos Edifícios (SCE), imposto pelo Decreto Lei 118 de 2013 de 20 de Agosto, tornou-se obrigatória a certificação energética de edifícios existentes, para efeitos de promoção, venda ou arrendamento e edifícios novos, para efeitos de autorização de utilização.

certificacao_projectocasa_energetica
Emissão do Certificado Energético
O certificado energético é emitido por um perito qualificado, reconhecido pela Agência Para A Energia (ADENE), que verifica e classifica o edifício de acordo com o seu desempenho energético, com base numa tabela que varia entre A+, melhor desempenho e F, pior desempenho.
O objectivo da certificação energética
O objectivo principal do sistema de certificação energética é informar os cidadãos sobre a qualidade térmica dos imóveis, assim como os prováveis consumos de energia.
Certificação de Edifícios Existentes
Edifícios existentes são aqueles cujo pedido de licenciamento (projecto de arquitectura) tenha dado entrada na Câmara Municipal antes de 31 de Dezembro de 2013. A certificação energética deste tipo de edifícios, está em vigor desde 1 de Janeiro de 2009, data a partir da qual qualquer fracção destinada a habitação, comércio ou serviços, é obrigada a dispor do Certificado Energético, para efeitos de venda ou arrendamento. Este documento é válido por 10 anos e consiste na avaliação “in situ” do imóvel, seguida da emissão do respectivo certificado energético com a atribuição da classe energética, correspondente. O perito qualificado deverá apresentar medidas de melhoria que, ao serem implementadas, contribuirão para a melhoria do desempenho energético do imóvel ou das condições de conforto e salubridade do espaço.
Quais são os edíficios novos?

Edifícios novos são aqueles cujo pedido de licenciamento (projecto de arquitectura) tenha dado entrada na Câmara Municipal depois de 31 de Dezembro de 2013. A certificação de edifícios novos processa-se em duas fases distintas:

Certificação em projecto, com a emissão do Pré Certificado Energético (PCE), este documento é parte integrante do processo do pedido de licenciamento de construção. Nesta fase do projecto podemos aconselhá-lo a valorizar o seu investimento conseguindo uma casa auto-sustentável e eficiente em termos energéticos, optimizando orientações de alçados e vãos envidraçados assim como aconselhamento de materiais a aplicar nos diversos tipos de envolvente. Poderemos ainda aconselhar-lhe o sistema de preparação de águas quentes sanitárias assim como o sistema de climatização que melhor se adapte ao seu caso;

Certificação da obra, com a emissão do Certificado Energético (CE), este documento é parte integrante e obrigatória do processo do pedido de autorização de utilização e demonstra o desempenho energético do imóvel. Durante a execução da obra é aconselhado o acompanhamento da mesma por um perito qualificado, a fim de garantir a boa execução da mesma e se possível melhora-la relativamente ao projecto.

Desempenho energético e benefícios fiscais
Quanto melhor desempenho energético o imóvel apresentar, melhor conforto e salubridade oferecerá aos seus utilizadores. Salienta-se ainda a vantagem do imóvel apresentar classe A+ ou A em termos fiscais, uma vez que existem benefícios no IRS, IRC e IMI.

Temos uma estrutura de suporte especializada, profissional e dedicada a si!